sábado, 3 de março de 2012

Diagnóstico da Sociedade Humana

Poucos vendem muito:

Graças a Ciência da Computação, engenharia elétrica, entre outras ciências, tornou-se possível criar sistemas para controlar grandes quantidades de produtos, minimizando o número de funcionários a preços baixos.

Devemos criar meios para que um pequeno e médio comerciante, tenha condições de no mínimo se manter e não quebrar e se possível crescer, isso implica em criar sistemas adequados a preços viáveis para os comerciantes de todos os níveis, dessa forma, evitamos o surgimento de oligopólios e monopólios que são venenos para o Sistema Capitalista.

Poucos inventam muito:

Os diferentes tipos de arte da sociedade humana, propripiciam que todos inventem novos padrões, em muitos lugares é cada um por si, perdeu-se o elo entre o mestre e o discipulo, a impressão que fica, é que poucos mestres inventam ao invés de criar uma hierarquia de mestres ou discipulos inventores.

Poucos produzem muito:

Se poucas pessoas produzirem para todas outras pessoas, ocorre a alienação dos meios de produção, as pessoas param de dar o devido valor para o que consomem, pois não conseguem mensurar o trabalho envolvido para se produzir, além disso, isso cria pessoas extremamente dependentes, o que vai contra os principios da sociedade humana.

Poucos ensinam muitos:

Bom, como pode um professor dar a devida atenção a um aluno, quando a sala tem 50 pessoas? As pessoas ficam com medo de fazer perguntas e atrapalhar o tempo para se dar a aula.

Poucos lideram muitos:

Quanto mais lideres existir na sociedade, melhor, pois eles promovem crescimento evolutivo de indivíduos em prol da sociedade humana, essa liderança deve ser de acordo com os principios da sociedade humana.

Conclusão:

Poucas pessoas muito brilhantes, brilham tanto que inibem o desenvolvimento dos outros, cabe a cada pessoa mostrar somente o necessário de seu brilho, para que o brilho das outras pessoas tenha condições de desabrochar.

Ver também:

Principios Fundamentais da Sociedade Humana

Nenhum comentário:

Postar um comentário